Cesariana: recuperação após e prognóstico do parto subseqüente

Saúde

Atualmente, entrega operativa -extração do feto através de um corte na parede abdominal e na parede do útero - é usado para muitas indicações. Quando os médicos, levando em conta os problemas das mulheres, ambos relacionados a esta gravidez e causados ​​por outras doenças, decidem realizar um parto operatório - isso é chamado de planejado.

cesariana prós e contras
Se surgirem indicações de cirurgia durante o trabalho de parto, esta será uma cesárea de emergência. Prós e contras da cirurgia são discutidos abaixo.

Primeiro de tudo, é necessário dizer sobre os casos em queeste método de entrega é o único caminho. Nestas situações, nascimentos naturais ameaçam a morte da mãe ou da criança. Então eles dizem que o testemunho da operação é absoluto. Eles são os seguintes:

  1. Pré-eclâmpsia ou eclâmpsia em mulheres.
  2. A posição transversal do feto.
  3. Uma pelve estreita na futura mãe.
  4. Preposição ou desprendimento da placenta, ameaçando matar o bebê.

As técnicas cirúrgicas modernas permitem reduzir ao mínimo os riscos de complicações, o que é muito mais fácil do que as conseqüências que podem ocorrer após o parto natural patológico.

Cesariana:

- A recuperação será maior do que comnascimento natural e pode levar até várias semanas. Pode haver dores abdominais graves dentro de alguns dias, uma mulher pode ter dificuldades em cuidar do bebê e amamentar.

recuperação de cesárea
- Após a operação, haverá uma costura, que depois se transforma em uma cicatriz.

- Haverá também uma cicatriz no útero, isso pode levar a problemas com gestações subseqüentes, e novamente causar a entrega da via operatória.

Atenção separada merece um períodoreabilitação após esta intervenção cirúrgica. Afinal, esta operação é caracterizada pelas dificuldades que estão disponíveis para qualquer cirurgia, é o que uma cesariana é. A recuperação depois disso, no entanto, também terá suas próprias características especiais associadas às diferenças da operação padrão. Vamos falar sobre tudo isso em mais detalhes.

Cesariana: recuperação

Como já foi dito, muitas vezes acontece queinicialmente a única maneira de salvar a vida da mãe e da criança. Mas também acontece que no início ou no processo de parto natural surgem complicações e, em seguida, a cesariana também é mostrada. A recuperação depois disso, a propósito, depende se as leituras absolutas foram desde o começo, ou surgiram mais tarde. Deve-se notar que, no primeiro caso, a operação é planejada com toda a preparação necessária e consideração de possíveis fatores complicadores. A reabilitação depois disso será mais rápida e quase livre de surpresas. No caso de uma cesárea durante o processo de nascimento, a operação é realizada com urgência, e o período de recuperação pode ser marcado por algumas complicações, especialmente se a mãe tiver comorbidades.

parto após cesariana
A mulher operada precisará usartécnicas especiais para alimentar uma criança, porque ela tem dor e precisa proteger as costuras. Você pode precisar usar uma bandagem especial para garantir a carga correta na coluna e nos músculos. Em 6 horas, você pode começar a ginástica médica com um aumento gradual de sua intensidade. Melhora o processo de cicatrização e ajuda a restaurar a forma do abdômen. Nas primeiras 24 horas, a dieta é escassa: você pode beber apenas água não gaseificada. Nos próximos dias - kefir, iogurtes, cereais, carne magra, você pode voltar a uma dieta normal em uma semana. Pode exigir medicação para dor, fundos para flatulência. O fluxo de Loch dura até três semanas. Contatos sexuais são proibidos por um mês e meio.

Previsão de entrega adicional após o parto cirúrgico

Muitas pessoas têm o equívoco de quenascimentos subseqüentes após cesariana devem ser realizados apenas da mesma maneira. Isto não é assim. Para a cicatrização da cicatriz no útero, demora cerca de 1-2 anos. Os médicos dizem que o período ideal para a gravidez subsequente e partos normais - após um lapso de dois a três anos. Quais são os fatores na presença dos quais há uma alta probabilidade de que o parto natural seja subsequentemente complicado? Nos casos em que a mulher está com excesso de peso, a sua idade é superior a 35 anos, a intervenção anterior foi realizada de acordo com indicações relacionadas com uma pelve estreita ou outros problemas por parte do corpo da mulher, o feto pesa mais de 4 kg.